Voltar

Corrimento de Gravidez

Palavras relacionados

Compartilhe este conteúdo

O corrimento de gravidez é uma secreção vaginal que pode ocorrer durante a gestação, influenciada por mudanças hormonais e fisiológicas características desse período. 

Esta secreção pode variar em cor, consistência e odor, sendo um fenômeno comum. Sua importância na saúde ginecológica é notável, já que pode indicar alterações no ambiente vaginal e até mesmo complicações na gravidez. 

O diagnóstico precoce e preciso é essencial para garantir o bem-estar tanto da mãe quanto do feto, demandando a distinção entre corrimento normal e patológico.

Características do Corrimento de Gravidez

Durante a gravidez, é comum as mulheres experimentarem um aumento na produção de secreção vaginal. Este corrimento, geralmente transparente ou levemente esbranquiçado, é causado pelas mudanças hormonais que ocorrem no corpo, especialmente o aumento dos níveis de estrogênio. 

Além disso, a secreção cervical também pode se intensificar para proteger o colo do útero contra infecções.

No entanto, certas características do corrimento podem indicar a presença de complicações. Por exemplo, um corrimento de cor amarelada, esverdeada ou com odor forte pode ser um sinal de infecção, como vaginose bacteriana ou tricomoníase. 

Sangramento vaginal associado ao corrimento também pode indicar problemas como placenta prévia ou descolamento prematuro da placenta, exigindo atenção médica imediata.

Importância do Diagnóstico Precoce

O diagnóstico precoce de qualquer alteração no corrimento durante a gravidez é crucial para garantir a saúde da mãe e do bebê. Alterações na cor, consistência e odor do corrimento podem indicar a presença de infecções que, se não tratadas, podem levar a complicações graves, como parto prematuro ou infecção intrauterina. 

Ao notar qualquer mudança no corrimento vaginal durante a gravidez, é essencial procurar orientação médica para avaliação e tratamento adequados.

Riscos e Complicações do Corrimento de Gravidez

Ocorrências graves de corrimento durante a gravidez podem estar associadas a riscos significativos para a saúde materna e fetal. Infecções não tratadas podem se espalhar para o útero e as membranas fetais, resultando em corioamnionite, uma infecção potencialmente fatal para a mãe e o bebê. 

A presença de corrimento sanguinolento pode indicar condições como placenta prévia, que podem levar a hemorragias perigosas durante o parto.

Recomendações de Prevenção

Para garantir uma gestação saudável, é essencial seguir algumas recomendações gerais relacionadas ao corrimento durante a gravidez.  

  • Realizar consultas pré-natais regulares para monitorar a saúde materna e fetal.
  • Comunicar qualquer alteração no corrimento vaginal ao médico obstetra imediatamente.
  • Evitar automedicação, especialmente durante a gravidez, e seguir rigorosamente as orientações médicas.
  • Manter uma higiene íntima adequada, utilizando sabonetes suaves e evitando duchas vaginais excessivas.
  • Praticar sexo seguro para reduzir o risco de infecções sexualmente transmissíveis, que podem afetar negativamente a gravidez.

O corrimento de gravidez é uma ocorrência comum, porém, suas características podem indicar problemas de saúde que requerem atenção médica. 

A vigilância atenta da mulher sobre quaisquer mudanças no corrimento vaginal, juntamente com consultas pré-natais regulares, são fundamentais para garantir uma gestação saudável e minimizar os riscos para a mãe e o bebê. 

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado de quaisquer complicações relacionadas ao corrimento são essenciais para prevenir potenciais consequências adversas.

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624