Voltar
  • Home
  • blog
  • Tudo pronto para receber a mamãe e seu bebê

Tudo pronto para receber a mamãe e seu bebê

24 de abril de 2012

Tudo pronto para receber a mamãe e seu bebê

Após o parto, a mamãe e seu filho recebem uma série de cuidados especiais.
No Hospital e Maternidade Santa Joana, a intensidade da dor da paciente é medida por meio de uma escala que vai de 0 a 10. Assim que a mãe sai da sala de parto e é direcionada para a sala de recuperação, médicos e enfermeiros iniciam a avaliação.
“Geralmente o médico que acompanhou o pré-natal faz o parto, e independende de ele ser da nossa rede ou não, por segurança, a prescrição de remédios dele é seguida à risca. Caso a mãe se queixe de dor, a equipe médica entra em contato com o médico para avisar e saber como proceder”, explica Dr. Luis Fernando Leite, ginecologista, obstetra e diretor de relacionamento do Hospital e Maternidade Santa Joana.
Para controlar infecções, em todos os apartamentos e corredores há recipientes com álcool em gel. Já está comprovado que esta substância é mais eficiente que água e sabão. “Todas as enfermeiras fazem este procedimento não só por ser uma norma de segurança, mas também como forma de mostrar para a família a importância de se manter a higienização. E se a mãe quiser, o bebê pode ficar no berçário, onde os familiares podem vê-lo pelo vidro”, diz Dr. Luis Fernando.
Outra orientação é que o bebê não seja passado de colo em colo. As pessoas podem estar gripadas ou com roupas perfumadas, aumentando os riscos de uma sensação de rinite no bebê. “Também não deixamos flores dentro do quarto, para que o bebê não inale o pólen”, lembra o especialista. Outra dica diz respeito à temperatura do quarto. É importante que a mãe tenha sempre uma mantinha extra, dependendo da temperatura externa, e quanto mais pessoas estiverem no local, mais frio deve estar o quarto. “À noite sugerimos uma temperatura entre 25 e 26 graus”, orienta o médico.
Dentro do Santa Joana, o bebê passa por um exame de tipagem sanguínea e recebe vacina contra hepatite B. O teste do pezinho é feito 48 horas após o nascimento. São dois tipos: o convencional/básico e o avançado, que detecta outras doenças e que pode ser coberto pelo convênio. Há também a triagem auditiva ou teste da orelhinha, feito por um fonoaudiólogo, e o exame de fundo de olho, para detectar possíveis hemorragias e alterações. “Caso o bebê apresente alguma alteração, como sopro cardíaco, também fazemos uma avaliação minuciosa”, completa o médico.

Agendar visitaAgende uma visita, vamos adorar receber você.Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624