Voltar
  • Home
  • blog
  • Mortalidade materna: o que fazer para evitar

Mortalidade materna: o que fazer para evitar

6 de maio de 2024

Mortalidade materna: o que fazer para evitar

O índice de mortalidade materna no Brasil apresentou redução importante no último ano, saindo de 117 óbitos maternos a cada 100.000 nascidos vivos em 2022 para 57 óbitos maternos para cada 100.000 nascidos vivos em 2024, voltando aos índices pré-pandemia. Ainda assim, há um longo caminho a ser percorrido, como escreveu a Dra. Mônica Maria Siaulys, diretora médica do Grupo Santa Joana, em artigo publicado na edição online da revista Veja.

Segundo a médica, a distribuição de óbitos maternos não ocorre de maneira uniforme no Brasil. “De maneira geral, a população com baixo poder econômico, baixa escolaridade, adolescentes, negras, indígenas e mulheres que vivem em áreas rurais e/ou de difícil acesso aos serviços de saúde são as mais atingidas”, explicou. Para conseguir resultados melhores, é importante que o conhecimento das equipes chegue às pacientes em forma de cuidado.

A médica explicou o que foi feito no programa de redução de mortalidade materna nas maternidades do Grupo Santa Joana:

  • Desenvolvimento de protocolos assistenciais personalizados (que são adaptados à realidade de trabalho local), a fim de facilitar o reconhecimento das doenças que mais frequentemente levam a óbito materno, padronizar o atendimento e garantir a sua agilidade, com fluxos especiais.
  • Capacitação e educação continuada da equipe. “Excelência é prática. Quanto mais se treina, melhor o desempenho”, escreveu a médica.
  • Monitorização contínua dos resultados e indicadores.
  • Educação de pacientes e familiares para que busquem avaliação médica precocemente.

Conheça o Centro de Gestação de Alto Risco do Santa Joana

“Para se ter uma ideia, por meio deste programa, alcançamos resultados que são semelhantes ou menores que os melhores resultados mundiais, ou seja, de cinco óbitos maternos para cada 100.000 nascidos vivos. Isso mostra que a adoção de processos bem definidos contribui, e muito, para resultados melhores”, concluiu a Dra. Mônica.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624