Voltar
  • Home
  • blog
  • Carnaval pode ter ajudado a espalhar doenças transmitidas pelo aedes aegypti

Carnaval pode ter ajudado a espalhar doenças transmitidas pelo aedes aegypti

1 de março de 2024

Carnaval pode ter ajudado a espalhar doenças transmitidas pelo aedes aegypti

A circulação de pessoas no Carnaval pode ter ajudado a espalhar doenças como a dengue, conforme mostrou a reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo. Isso acontece porque muitas pessoas viajam sem saber que estão com um dos quatro vírus transmitidos pelo mosquito aedes aegypti, como Chikungunya, Zika, Febre Amarela e a Dengue.

Uma pessoa que já está com a doença pode ser picada e, então, este mosquito pode transmitir a doença para outras pessoas sadias ao picá-las. Assim, com a circulação de pessoas, estados sem muitos casos podem assistir a um aumento.

A reportagem relembra que a saída para o problema é diminuir a população de aedes aegypti, com atenção ao lixo e à água parada, para eliminar os criadouros do mosquito.

Leia também: Mulher com dengue pode amamentar?

A infectologista do Santa Joana, Dra. Rosana Richtmann, deu uma entrevista à reportagem, lembrando a importância da proteção individual. “De preferência, usar roupas claras, de manga comprida, calça comprida ou saias compridas. Com tecidos leves, mas é importante que sejam assim, para não atrair o mosquito”, explicou a médica.

E, claro, usar repelente, inclusive as pessoas que já estão doentes, para que os mosquitos não se alimentem do sangue infectado e não transmitam a doença. Os repelentes recomendados são à base de DEET, IR3535 ou Icaridina.

Para assistir à reportagem completa, clique aqui.

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624