Voltar
  • Home
  • blog
  • Vida sexual: os altos e baixos da gravidez

Vida sexual: os altos e baixos da gravidez

2 de maio de 2012

Vida sexual: os altos e baixos da gravidez

Alguns sintomas como cansaço, náuseas, mudança hormonal e fatores psicológicos podem fazer com que a mulher perca o desejo sexual durante a gestação. No primeiro trimestre de gestação há, frequentemente, uma diminuição da libido, que tende a melhorar após esse período de adaptação.
Nos meses seguintes, no entanto, a libido da futura mãe é ainda mais intensa durante a gravidez, devido à elevação na taxa de estrógeno neste período, bem como da melhor irrigação sanguínea dos órgãos genitais e dos seios.
Alguns maridos também podem apresentar dificuldades para encarar a nova mamãe como mulher, como sua parceira na cama, passando a confundir maternidade com santidade, excluindo a sexualidade da vida do casal.
A falta de sexo pode trazer prejuízo para o relacionamento afetivo dos futuros pais, frente às adversidades desse período, já que a relação sexual contribui para o bem-estar do casal. O homem pode interpretar essa falta de interesse como sinal de rejeição. Para isso, a comunicação e demonstração de carinho são essenciais.
A dica para manter o desejo durante a gestação é reinventar o sexo entre o casal, transformando este momento em um verdadeiro ato de amor e intimidade. É preciso observar os toques e ritmos e prestar atenção ao que dá prazer para cada um. Experimentem outras posições e invistam tempo e criatividade nas preliminares. Além disso, sedução, carinho, luz de velas, massagens, óleos aromáticos e a doçura de palavras de amor ao pé do ouvido também podem se tornar grandes aliados.

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624