Voltar
  • Home
  • blog
  • Tristeza depois do parto é sempre depressão?

Tristeza depois do parto é sempre depressão?

21 de outubro de 2013

Tristeza depois do parto é sempre depressão?

*Imagem meramente ilustrativa. A pessoa da imagem não é um paciente do Hospital e Maternidade Santa Joana.


Nem sempre!
É comum encontrar mulheres tristes logo depois de dar à luz, diagnosticadas com depressão pós-parto. Nessa época, é natural sentir-se mais triste por causa dos hormônios, que ainda não voltaram ao seu nível habitual.
“A depressão pós-parto pode aparecer até seis meses depois do nascimento do bebê. Ela nunca vem logo em seguida ao parto. Esse outro quadro é o blues, a chamada tristeza materna, que dura por 10 ou 15 dias após o parto. É nesse período que as mulheres ficam mais sensíveis e choram por qualquer motivo. Muitos confundem com depressão pós-parto. Eu falo para os parceiros que ela vai chorar, ficar chata, mas depois de 15 dias isso diminuirá. Quando a mulher possui história de depressão anterior ao parto, também pode ser confundida com a depressão pós-parto”, explica Salete Arouca, psicóloga do Hospital e Maternidade Santa Joana. É muito importante que, se os sintomas persistirem, a nova mãe seja avaliada por um profissional.
Durante a gestação e enquanto estiver amamentando, a mulher não pode tomar algumas medicações para depressão. Antes de tomar qualquer medicamento, consulte seu obstetra e o pediatra que está cuidando do seu bebê.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624