Voltar
  • Home
  • blog
  • Tempo que grávida passa em pé afeta o crescimento do bebê

Tempo que grávida passa em pé afeta o crescimento do bebê

11 de julho de 2012

Tempo que grávida passa em pé afeta o crescimento do bebê

Uma pesquisa, publicada no periódico Occupational and Environmental Medicine, acompanhou 4,6 mil mulheres durante a gravidez e apontou que as gestantes que passavam a maior parte de sua jornada laboral de pé davam á luz bebês cujas cabeças eram cerca de 1 cm menores do que a média. Cerca de 40% delas eram profissionais que passavam cerca de oito horas por dia de pé.
Apesar de tal fato de não ter afetado a saúde dos bebês após o parto, ainda não se se sabe que efeito isso pode ter no crescimento das crianças após o nascimento. Para Tim Overton, do Royal College de Obstetrícia e Ginecologia, na Grã-Bretanha, “é difícil saber se essas descobertas têm relevância clínica. Para saber se o tamanho da cabeça tem um efeito no desenvolvimento neurológico da criança seria necessário acompanhá-las por muitos anos ao longo de seu crescimento.”
O que se concluiu da pesquisa é que trabalhar durante 36 semanas de gravidez não teve nenhum impacto no peso, tamanho ou no nascimento dos bebês estudados. Tampouco se observaram efeitos em mulheres cujo trabalho envolvia levantar coisas pesadas – ao contrário de outros estudos que sugerem que o esforço físico pode afetar gravidezes de forma indesejada.
Jenny Myers, do Centro de Saúde Materna e Fetal de Manchester, disse que o excesso de esforço físico na gravidez “pode ter um pequeno efeito no crescimento do feto, mas o impacto disso no desenvolvimento da criança é desconhecido.”
Acredita-se que esforço físico altere o fluxo de sangue ao útero e à placenta, reduzindo o suprimento de oxigênio e nutrientes ao feto. Além disso, o ato de levantar peso e inclinar-se pode aumentar a pressão abdominal, algo que tende a favorecer um parto prematuro.

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624