Voltar
  • Home
  • blog
  • Ovulação deficiente: uma das causas da infertilidade

Ovulação deficiente: uma das causas da infertilidade

16 de setembro de 2015

Ovulação deficiente: uma das causas da infertilidade

*Imagem meramente ilustrativa.


Uma das principais causas da infertilidade feminina está relacionada aos problemas de ovulação. Essas complicações aparecem tanto na quantidade de óvulos quanto na qualidade deles.
“No quinto mês de gravidez, um bebê do sexo feminino tem 20 milhões de óvulos. Quando nasce, 75% desses óvulos são perdidos. Do dia em que ela nasceu para o dia em que ela menstruou pela primeira vez, esses número cai para, mais ou menos, uns 500 mil óvulos. A partir da primeira menstruação, todo mês, ela seleciona mil óvulos, mas só usa um; os outros 999 são jogados fora”, explica Dr. Vamberto Maia, ginecologista e especialista em Reprodução Humana do Hospital e Maternidade Santa Joana.
De acordo com o profissional, outros fatores são responsáveis pela destruição e alteração dessas células. “Se a paciente fuma, destrói óvulos; se tem câncer, infecção, cirurgia, quimioterapia, radiação, poluição… praticamente tudo que ela fizer na vida agredirá os óvulos que possui”, acrescenta. Por isso, a melhor maneira de ajudar a natureza a pelo menos não destruir mais óvulos é cultivar práticas saudáveis, como a alimentação e a atividade física.
Então, cabe a pergunta: há alguma maneira para evitar a perda de óvulos?
Não, infelizmente isso não pode ser evitado. Nem mesmo a interrupção da menstruação é capaz de interferir na degeneração dos óvulos.
“Os óvulos perdem a qualidade e a quantidade ao longo da vida, e não tem como preservar isso. Não adianta usar pílula por 10 anos e não menstruar; o corpo continua destruindo-os. A pílula anticoncepcional apenas evita que o óvulo suba para as trompas, mas ele será destruído de qualquer maneira. Esse processo é chamado de apoptose programada”, esclarece Dr. Vamberto Maia, ginecologista e especialista em Reprodução Humana do Hospital e Maternidade Santa Joana.
A melhor maneira para aproveitar a boa qualidade dos óvulos é não engravidar muito tarde. Depois dos 40 anos, a qualidade e a quantidade dessas células caem vertiginosamente.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624