Voltar
  • Home
  • blog
  • Ondas de calor repentinas também fazem parte da gravidez. Entenda o porquê

Ondas de calor repentinas também fazem parte da gravidez. Entenda o porquê

9 de agosto de 2012

Ondas de calor repentinas também fazem parte da gravidez. Entenda o porquê

*Imagem meramente ilustrativa. A pessoa da imagem não é um paciente do Hospital e Maternidade Santa Joana.

As variações nos níveis hormonais, especialmente as quedas do estrogênio, são responsáveis pelas ondas de calor que fazem muitas grávidas chutarem os cobertores para fora da cama mesmo quando está frio ou precisar ficar se abanando com um papel qualquer na fila do supermercado.
O desconforto geralmente é maior na cabeça, no pescoço e no peito, e, infelizmente, pode levar uns bons minutos para ir embora.
Essas ondas de calor costumam acontecer mais no segundo e terceiro trimestres da gravidez e, prepare-se, até mesmo depois da chegada do bebê. Isso porque após o parto os níveis hormonais baixam e se mantêm menores para quem amamenta.
Fique só atenta para diferenciar um calor desses que vai e vem de uma febre, que eleva de fato a temperatura do seu corpo. As febres são sinal de uma infecção e quando estão altas podem ser perigosas para a gestação.
Se tiver febre acima de 37,7 graus, o melhor a fazer é contatar seu médico para maiores orientações.
Quanto às ondas de calor, procure se vestir em “camadas”, assim fica mais fácil ficar só de camiseta quando um calorão repentino aparecer, e voltar a colocar o casaco quando ele for embora.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624