Voltar
  • Home
  • blog
  • Mãe de UTI precisa de atendimento psicológico?

Mãe de UTI precisa de atendimento psicológico?

15 de agosto de 2013

Mãe de UTI precisa de atendimento psicológico?


É bastante comum ficar triste quando o bebê precisa ficar internado na UTI neonatal durante muito tempo. As chamadas “mães de UTI” frequentemente precisam de apoio psicológico para lidar com essa  situação.
“Quando a patologia do bebê é grave, as mães se desestruturam mesmo. A longa estadia na UTI é muito difícil. É como se a gestação não tivesse terminado. Há casais em que os dois estão muito presentes na maternidade. Mas isso é muito raro. Os homens lidam de maneira diferente, eles são mais racionais e  precisam trabalhar, pois a licença paternidade é bem mais curta que a da mulher, enquanto a mãe passa o dia todo na UTI Neonatal participando mais com as dificuldades e patologias do recém nascido ”, explica Salete Sanches Arouca, psicóloga do Hospital e Maternidade Santa Joana.
Não hesite em procurar ajuda. Os psicólogos são especialistas em ajudar as famílias nesse tipo de situação. Procurar uma instituição especializada para fazer o seu parto é fundamental.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624