Voltar
  • Home
  • blog
  • É mais comum diagnosticar problemas de fertilidade nas mulheres?

É mais comum diagnosticar problemas de fertilidade nas mulheres?

23 de fevereiro de 2015

É mais comum diagnosticar problemas de fertilidade nas mulheres?

Pelas estatísticas, as causas da infertilidade se dividem entre mulheres e homens, mas o diagnóstico é mais frequente nas mulheres


Sim. Mas isso não quer dizer que as mulheres são necessariamente mais sujeitas a problemas de fertilidade. Essa constatação se dá por uma outra questão: mulheres são mais facilmente diagnosticadas com problemas de fertilidade porque elas frequentam o consultório do ginecologista desde o começo da vida.
“Esse profissional acompanha a mulher desde a primeira menstruação, em torno dos 11 anos. O homem não tem um médico desses. Depois que ele deixa de ir ao pediatra, não costuma mais se consultar regularmente com outros médicos”, explica Dr. Vamberto Maia, ginecologista e especialista em Reprodução Humana do Hospital e Maternidade Santa Joana.
O marido deve acompanhar a esposa quando o casal está com dificuldades de engravidar.  É bastante comum que os dois parceiros apresentem problemas de fertilidade e tenham que se tratar juntos.
Hoje, sabemos que as causas da infertilidade podem ser masculinas, femininas, ou ainda uma junção de problemas desses dois lados. “Existem vários trabalhos que dizem que as causas masculinas estão apenas um pouco abaixo das femininas em termos de ocorrência, ou em igual posição. Grosso modo, eu diria que está 40% para o homem, 40% para a mulher e 20% para o casal”, explica Dr. Vamberto.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624