Voltar
  • Home
  • blog
  • Dia do Combate à Infecção Hospitalar: veja nossas dicas

Dia do Combate à Infecção Hospitalar: veja nossas dicas

15 de maio de 2012

Dia do Combate à Infecção Hospitalar: veja nossas dicas

Hoje, dia 15 de maio, é o Dia do Combate à Infecção Hospitalar. Você sabia que hábitos simples de higiene podem ajudar na prevenção de infecções? A enfermeira Sandra Baltieri, do Hospital e Maternidade Santa Joana, preparou as seguintes dicas importantes:
1) Higiene das mãos: é a medida mais eficaz no controle da infecção hospitalar e deve ser incorporada por todos, em casa, no trabalho ou mesmo na rua. Esta prática pode ser realizada através da lavagem das mãos com água e sabão ou pela utilização de álcool gel. Ambos são eficazes, porém já foi comprovado que o gel alcoólico é mais eficaz no combate aos agentes infecciosos.
2) No ambiente hospitalar, a higiene das mãos deverá ser realizada sempre antes de entrar em contato com o paciente, com ambiente que o rodeia e também sempre após este contato.
3) O bom hábito desta prática deve se estender aos ambientes fora do hospital. Por exemplo, ao chegar da rua, sempre antes de se alimentar, depois de usar o banheiro, ou ainda em locais públicos.
4) Mãos limpas, bebê saudável: se você tem bebê, lave suas mãos sempre antes de iniciar os cuidados com ele. Nunca se esqueça de lavar suas mãos depois de trocar a fralda.
5) Oferta de leite materno: se você precisa ordenhar seu leite para congelá-lo faça a higiene completa dos utensílios que vai utilizar, inclusive fervendo bicos e mamadeiras. Nosso Guia de Amamentação tem orientações detalhadas sobre o tema. Acesse!
6) Imunização em dia: preste atenção para manter o calendário de vacinação em dia. Isso não vale só para as crianças. Vacinas como as da gripe ou vacinas que necessitam de reforço periódico também são recomendadas. Procure orientação médica se tiver dúvidas sobre isso.
7) Cuidados com a alimentação: mantenha uma rotina de higienização dos alimentos na sua casa, especialmente dos alimentos crús. Se for se alimentar fora de casa, escolha locais que apresentem condições adequadas de higiene e segurança na manipulação de alimentos.
8 Circulação restrita: pessoas com quadros infecciosos importantes como viroses gastrointestinal, rubéola, catapora etc devem, evitar circular em ambientes de grande aglomeração, para evitar a transmissão destes agentes, principalmente no inverno onde os ambientes permanecem fechados.
9) Etiqueta da tosse: A etiqueta da tosse e do espirro é recomendada como medida preventiva na transmissão de quadros gripais e demais infecções que podem ser transmitidas por gotículas. No momento em que for tossir ou espirrar evite pulverizar no ar as gotículas do espirro ou da tosse colocando o antebraço no rosto. Desta forma você evita a contaminação do ambiente e de suas mãos. Caso seja importante utilizar lenço de papel realize a higiene das mãos imediatamente após, evitando assim que suas mãos contaminem outras superfícies.
10) Bichos de estimação: garanta que seu pet esteja sempre com as vacinas em dia, mantenha o ambiente de casa limpo e tenha cuidados redobrados quando precisar manipular as fezes dos bichinhos.
11) Lixo: evite armazenar grandes volumes lixo em casa, especialmente resíduos orgânicos. Deve-se garantir local apropriado, restrito e limpo para este armazenamento. Desta forma evita-se atração de insetos.

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624