Voltar
  • Home
  • blog
  • Álcool e gestação definitivamente não combinam!

Álcool e gestação definitivamente não combinam!

28 de novembro de 2012

Álcool e gestação definitivamente não combinam!

*Imagem meramente ilustrativa. A pessoa da imagem não é um paciente do Hospital e Maternidade Santa Joana.


Os problemas causados pela ingestão de bebida alcoólica durante a gravidez já são conhecidos pelos médicos. O feto é o principal afetado, pois o álcool passa através da placenta e contamina as células do fígado recém-formado do bebê. Isso pode trazer inúmeras complicações para toda a sua vida, como a Síndrome Alcoólica Fetal.
O risco de o bebê desenvolver distúrbios cognitivos e de comportamento aumentam consideravelmente. Ele ainda pode sofrer crises de abstinência, ter insônia e perder o reflexo de sugar o leite no seio da mãe.
Uma pesquisa da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, descobriu que os impactos desse consumo podem ser ainda maiores no primeiro trimestre de gestação, entre a 7ª e a 12ª semana.  Segundo este estudo, realizado com 992 grávidas, ao longo de quase 27 anos, os bebês têm maiores chances de desenvolver alterações no formato dos lábios, de nascer com microcefalia e de ter peso e altura inferiores à média.
Se você descobriu que está grávida comece imediatamente a evitar o consumo de álcool. Mesmo em pequenas doses, essas substâncias podem ser perigosas. Procure um médico para que ele possa esclarecer ainda mais as suas dúvidas.  Proteja seu filhote.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624