Voltar
  • Home
  • blog
  • A progesterona na prevenção do parto prematuro

A progesterona na prevenção do parto prematuro

29 de outubro de 2012

A progesterona na prevenção do parto prematuro

*Imagem meramente ilustrativa.


Foi comprovado cientificamente que o hormônio progesterona pode reduzir a probabilidade de ocorrência de partos prematuros em gestantes que já deram a luz antes da hora.  Pesquisas demonstraram que a progesterona, aplicada por injeção ou via vaginal, pode ser administrada como forma de prevenção de partos prematuros em mulheres que possuem colo uterino curto, inferior a 20 milímetros – apenas 2% da população.
Um estudo recente, realizado na Universidade de Northwestern, decidiu verificar se esse hormônio poderia beneficiar outras mulheres com colos uterinos maiores. Isso reduziria consideravelmente o número de nascimentos prematuros a cada ano. O experimento relata que a eficácia da progesterona injetável abrange um grupo de risco mais numeroso: as mulheres cujo comprimento do colo é menor que 30 milímetros – aproximadamente, 10% da população.
“É muito importante procurar saber quais grupos podem se beneficiar e se nossas estratégias podem ser úteis de um modo geral na prevenção do parto prematuro”, afirmou William A. Grobman, autor do estudo e professor de obstetrícia e ginecologia da Universidade Northwestern. Pesquisadores como Sonia S. Hassan, da Universidade Wayne State, defendem o exame de avaliação do comprimento do colo uterino. Antes de se submeter ao tratamento, a gestante deve procurar seu obstetra para saber se ela está apta, e para que ele determine a forma mais adequada de administração do hormônio.
Leia mais sobre o estudo aqui.
Fonte: Uol

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624