Voltar
  • Home
  • blog
  • 5 mitos e verdades da amamentação

5 mitos e verdades da amamentação

24 de agosto de 2016

5 mitos e verdades da amamentação

*Imagem meramente ilustrativa. A pessoa da imagem não é um paciente do Hospital e Maternidade Santa Joana.

Quando se fala de amamentação, muita informação mistura-se a várias crendices e não é raro ver mamães perdidas no tema. Por isso, vale a pena ficar atenta a alguns mitos e muitas verdades sobre a amamentação:
1. Existe leite fraco?
Mito. Cada mãe produz o leite de que seu bebê precisa, e na quantidade certa. Alguns sinais indicam se o bebê está mamando o suficiente: observe as evacuações (as fezes devem ser líquidas e amareladas, 2 a 5 vezes ou mais ao dia), observe a urina (deve ser amarelo claro, não alaranjada ou amarelo escuro), ganho de peso (o bebê deve ganhar de 20 a 30 g/dia em média) após a primeira semana de vida.
2. Quem tem prótese de silicone não pode amamentar.
Mito. Não há evidências de que a prótese de silicone interfira na amamentação. Normalmente, nas cirurgias desse tipo, não há manipulação de ductos com incisão na região da aréola.
3. Bebê que mama no peito não precisa beber água.
Verdade. O leite materno já contém água suficiente em sua composição para hidratar o bebê. Não é preciso oferecer mais nada à criança durante os seus seis primeiros meses de vida.
4. O bebê deve mamar 20 minutos em cada peito.
Mito. Cada bebê tem seu ritmo e sua necessidade de alimentação. Em casa, a oferta de leite deve obedecer ao regime de livre demanda, ou seja, oferecer o seio sempre que o bebê quiser mamar. O tempo de cada mamada pode variar de um bebê para outro. Além disso, o bebê pode esvaziar uma das mamas e não a outra, por estar satisfeito. É importante, sempre, iniciar a mamada seguinte pela mama em que o bebê mamou da última vez.
5. O bebê deve mamar de três em três horas.
Mito. Isso depende do bebê: alguns têm necessidade de mamar frequentemente e durante muito tempo, enquanto outros mamam mais espaçadamente e fazem mamadas mais curtas. Contudo, certifique-se de que o bebê está mamando o suficiente. Como medida, observe se ele está mamando pelo menos 8 a 12 vezes, em cada 24 horas. Fique atenta para que o intervalo entre uma mamada e outra não ultrapasse quatro horas.

Resp. Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro. CRM: 31624

Categorias

Agendar visitaPrecisa agendar uma visita ou uma consulta?Quero agendar uma visita

© 2020 Santa Joana. Todos os direitos reservados.

Rua do Paraíso, 432 | CEP 04103-000 | Paraíso | São Paulo | SP | 11 5080 6000

Responsável Técnico: Dr. Eduardo Rahme Amaro | CRM 31624